Corpo Eletrico



A Magia do Saber Pedir

“Na magia, existe um princípio que afirma que quando você precisa de algo e pede por isto a partir de um estado de carência, você não poderá nunca receber isto –  este mesmo estado de carência bloqueia o fluxo dirigido para você daquela coisa que você precisa e te bloqueia de ser oferecido isto de todo.”

“Eu  acredito que quando vocês trabalham nos campos energéticos, com a intenção de restaurar seus corpos energéticos, não de um estado de carência mas de um verdadeiro desejo de restaurar um fluxo contínuo que nós nunca experimentamos antes, nós iremos abrir as portas para uma forma de mágica que nunca esteve ao nosso alcance anteriormente.”

Silvia Hartmann (in Oceans of Energy – The Patterns & Techniques of EmoTrance, Volume 1, pg 279)

O que ela quer dizer neste trecho com a expressão state of  neediness, que eu traduzi como ‘estado de carência’, é aquele estado de desespero e sofreguidão. Este estado vem justamente da crença de que nunca se irá conseguir o desejado.   O que este pequeno trecho revela, na verdade, é que não é possivel se conseguir o que se deseja quando este pedido já vem embutido com uma crença que gera um bloqueio.

As pessoas confundem desespero com fé , imaginam que pedir por algo sofregamente demonstra intensidade, quando na verdade só demonstra pavor. A fé verdadeira é serena. O fanático religioso não possui fé verdadeira, ele possui a “fé cega”, a “fé” que vem do medo, do pânico de viver na incerteza. O fanático religioso precisa ter certezas absolutas, assim ele destrói tudo aquilo que parece contradizer suas crenças. O fanático nunca se permite questionar, portanto ele nunca se permite buscar, já que o processo de busca envolvem questões e considerações. O fánatico precisa enxergar o mal interior – aquele inimigo íntimo que morar nos nossos próprios corações – fora dele, e assim ele projeta o mal em tudo que for diferente do que ele considera certo. Assim o mal floresce no coração do fanático sem que ele se aperceba disto.

A fé  verdadeira nos permite viver em meio as incertezas, nos permite confiar em nós mesmos até quando o mundo balança. Ao fazer seus pedidos, preces, vizualizações, procure fazer de um ponto de equilíbrio. Difícil? Eu acho difícil, eu tenho tendência a ficar ansiosa em meio aos processos, mas percebi que só depois de lidar com as ansiedades é que as coisas começam a acontecer para mim. Para lidar com a ansiedade eu normalmente utilizo um misto de EFT e ET (1), e só então eu parto para minhas vizualisações.   

(1)   Em geral eu faço umas rodadas de EFT e verifico se ainda ficou algum resíduo, depois termino a “limpeza” com o ET, às vezes retornando ao EFT para finalizar. Parece demorado, mas é bem rápido, em geral uns 15 minutos, mais tempo se eu estiver tratando de um problema com muitos aspectos, digamos, meia hora no máximo. Tenho usado este método no meu Processo Para a Paz Pessoal com bons resultados.

Para mais informacoes em EFT e para fazer um download gratuito do manual em português: http://www.eftbr.com.br/if_manual.php

Para informações sobre o ET (inglês):
http://emotrance.com

Anúncios

Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * DÉBORA says:

    Adorei otexto, acredito que a forma com que não só pedimos, mas fazemos as coisas, como nos posicionamos a sentir aquela ‘tarefa’ influencia diretamente no resultado final da obra. Belissimo blog! Estou ansiosa por novas postagens suas. Conheci aqui hoje outras tecnicas de fluidez de energia, conhecia apenas a EFT que conheço os resultados e admiro seus fundamentos. Bom, grata!

    | Responder Publicado 7 years, 2 months ago


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: