Corpo Eletrico



TRABALHANDO NA TENSÃO

 

 

Quando não existe opção, nenhuma técnica de relaxamento ou pensamento positivo é capaz de desfazer um estado de extrema tensão e ansiedade, o que fazer?

Atualmente temos uma imensa gama de informações, terapias, livros e técnicas voltadas à mudança de pensamento e atitude.  Nós, interessados numa via de terapia e filosofia de vida holística, temos um imenso conhecimento de formas de relaxamento e alívio da tensão.  Terapias como EFT, Emotrance, a prática da Yoga e até o puro e simples exercício físico na academia podem ser eficientemente usados no combate ao estresse e a ansiedade.

Mas o que fazer naqueles momentos em que nada parece funcionar?

Faço esta pergunta a mim mesma, pois estou vivendo exatamente um momento destes. Um momento em que o caos mental é tão intenso que, mesmo com todas estas técnicas fantásticas literalmente a mão (como é o caso da EFT), eu não consigo reduzir meu estado de tensão constante.

A primeira sensação é de culpa, afinal, como posso querer dar conselhos e trabalhar a redução na tensão nos outros quando não sou capaz de reduzir a minha própria? Não teria eu, por conta de todo meu conhecimento, estudo e vivência a obrigação de ser uma pessoa totalmente zen e no controle?

Porém, existem certos momentos na vida – vamos chamar de nódulos de tensão existenciais – em que nada que se faça para abrandar essa sensação de angústia, incerteza, e até pavor diante da vida, vai surtir efeito. Parece aterrador. O que fazer agora? Paralisar? É tentador entrar em pânico e congelar, ou simplesmente jogar tudo para o alto e se entregar ao estado de desespero. Mas é justamente nestes momentos em que é preciso saber atuar na tensão, ou melhor, ir em frente mesmo que em pânico.

Poder suportar a tensão também é uma capacidade que devemos desenvolver. Afinal, quando procuramos abrandar a sensação de ansiedade, estamos tentando nos acalmar para agir melhor ou simplesmente tentando fugir desta sensação ruim? A questão é que muitas vezes, quando tentamos relaxar, não fazemos isto para solucionar o que nos aflige, mas para esquecer o que nos aflige.

No momento em que nada parece funcionar você deve se perguntar se não está simplesmente querendo apagar o sintoma (a tensão) para poder esquecer o que está causando isto (o foco do problema). E a verdade é que existem momentos em que a tensão não passa, mas sua vida não pode parar por causa disso. É preciso, enfrentar o que se sente por dentro, mas ao invés de apagar a sensação, temos que consumi-la, passar por ela, ir fundo no que se sente e principalmente se observar. Passar pela dor também pode ser profundamente terapêutico, e não há nada de masoquista nesta afirmação, pois não estou falando em buscar a dor nem em obter prazer nela, mas encará-la e apesar dela, continuar.

Neste momento que escrevo, volto minha atenção para minhas sensações físicas. Sinto minha musculatura se contrair, um aperto no estômago e no coração. Ao invés de tentar fazer que isto passe, já que tentei e não funcionou, eu pergunto a mim mesma o que está acontecendo? Quais são minhas angústias? Existem coisas que simplesmente não posso resolver agora e daqui a pouco preciso levantar e cumprir certos compromissos. Respiro fundo, e como não tenho opção no momento, só me resta trabalhar na tensão e procurar uma forma de usá-la a meu favor. E sempre existe uma forma de usar TUDO ao seu favor.

Obs.= este texto foi escrito há um mês e já não me encontro nesse estado. Resumindo: passou! Como previsto.

Anúncios

Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * Mariana Siqueira says:

    Tem outra solução também: tomar um ansiolíticozinho. risos. Mas agora falando sério: enfrentar o sintoma é sempre difícil, mas é sempre a solução mais eficaz.

    | Responder Publicado 5 years, 10 months ago


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: